Sejam Bem Vindos ao Blog Twilight A Saga Contínua!!! Comentem As Fics!

Capitulo 20 - Reviravolta

Finalmente coloquei Ness para dormi, o dia havia sido tão longo, ela estava inquieta por causa da conversa que tivemos e principalmente ela estava com sede.



Amanhã iríamos caçar.



Jake estava irradiando alivio, — mesmo não querendo demonstrar, —não sei porque ele ainda não saiu fazendo uma dançinha da felicidade.



Hoje a noite prometia ser inquietante para mim, só em pensar ir à casa dos Cullen amanhã, meu estômago parecia se retorcer, de... nervosismo...ansiedade, eu lembrava da sensação, era um eco do que a muito tempo não sentia:náusea.



Suspirei.



Infelizmente era uma conversa que eu não poderia evitar.



Suspirei de novo,e fui tomar banho.



Jake teria que dar um jeito de construir um banheiro lá no nosso quarto, ficar saindo de toalha da casa de Billy—já que eu sempre esqueço de levar a



roupa — para a antiga garagem está me incomodado.



Ele estava dormindo, sua respiração estava bem tranqüila, seu batimento cardíaco também estava estável.



Entrei tentando não fazer barulho, sem necessidade claro, Jake praticamente entra em coma quando dorme.



Fui até o guarda roupa e peguei meu pijama, — eu não sinto mais frio então troquei a velha calça de moletom e camiseta, por uma blusinha de alça e um short — Jake costuma dizer que seria contra a lei andar com esse short na rua, de tão curto que ele é.



Bobo.



Me virei e dei de cara com o olhar cheio de desejo de um Jacob que não tinha cara de quem estava dormindo.



—Pensei que estivesse dormindo. —Falei fingindo mau humor por ele ter me enganado.



Jake se levantou da cama e balançou a cabeça assentindo.



—Esta fazendo o que com os olhos abertos, então?



—Sinto sua presença até na inconsciência. — Suas mãos me encontraram, ele pegou a blusa que eu segurava e jogou no chão.



Me apertou contra a parede, e me beijou de leve, suavemente.



Quando Jake me tocava era impossível resistir a ele, tudo parecia está em chamas; uma faísca de fogo na gasolina.



Inevitável não explodir.



Minhas mãos agarraram seu cabelo, puxando-o para mim, como se fosse



possível ficarmos mais perto.



Seus lábios já não eram mais leves, eram urgentes, até mesmo rudes.







Usando a parede como apoio eu enrolei as pernas em volta da cintura dele.



Suas mãos que me seguravam pela cintura, passaram para minhas



cochas — ele riu e com um movimento fácil rasgou meu short.



Apesar de eu mal conseguir prestar atenção nisso agora, sabia que ele fez isso de propósito.



Eu não conseguia ligar para nada naquele momento—Apenas para o fato dele ser meu e eu pertencer exclusivamente a ele.



Havia fogo por toda parte, por que ele estava em toda parte.



Suam mãos passavam por minha pele, queimando-a. Seus lábios provavam cada pedaço do meu corpo que ele podia alcançar.



Jacob e eu sentíamos um amor profundo um pelo outro — o carinho e a paixão eram enormes—mais o desejo, quando se manifestava assim... era quase insano.



Incontrolável, inevitável.







Estava sentada enrolada em um lençol, olhando Jake dormi — era incrível como sua expressão se tornava estranhamente infantil quando ele estava adormecido.



Eu amava vê-lo assim, sentia uma sensação de paz e tranqüilidade, tão boa, que poderia passar o dia inteiro o observando.



Com um suspiro profundo me levantei, ia falar logo com os Cullen, e depois levar Nessie para caçar.



Sorri com esse pensamento, era tão engraçado vê-la derrubando um urso,ou um cervo com mais de dez vezes o seu tamanho e massa corporal.



Ela está tão crescida... crescendo tão rápido...



Meu coração deu uma pulsada estranha, e pareceu pesar no meu peito.



Se Nessie continuasse com esse ritmo de crescimento — crescendo em media um ano a cada seis meses—sua vida seria tão curta!



Eu realmente teria coragem de transformá-la completamente em vampira, tentar frear seu desenvolvimento?



Esse pensamento me parecia ser tão perigoso... e se veneno a matasse?



Eu não conseguiria viver sem ela.



Não .



Eu precisava acreditar que dará tudo certo,ela é tão linda, tão cheia de vida,é difícil não acreditar que ela ficará bem.



Eu fiquei bem depois da transformação. Não dei mais sinais de envelhecimento, talvez a taxa de crescimento de Nessie diminua com os anos até parar completamente...mais e se não parasse?



Sua vida seria curta...impossivelmente curta...



Pensar nisso me fez perceber que não poderia mais continuar nessa situação complicada com Edward.



Renesmee precisava ter tudo...tudo que eu pudesse dar para ela agora.



Um pensamento me veio em mente,e tomei um a decisão que poderia ser errada mais no momento me pareceu certa—considerando ,a perspectiva,que Nessie,poderia ter uma vida curta...merecia ter tudo que pudesse dar a ela,tudo que seria seu por direito.



Jake me mataria quando descobrisse o que eu ia fazer.



Cheguei à fronteira quileute — a casa dos Cullen estava a uns bons 10 km, será que seria capaz de transmitir meus pensamentos a essa distancia se me concentrasse? Forçando meu Dom ao maximo, quase gritando mentalmente chamei por Edward.



Me concentrei também em Alice sabendo que ela estaria esperando a minha decisão.



Não demorou muito.



Pude ouvir a aproximação de alguém, na verdade duas pessoas—poderia apostar ser Edward, seus passos eram rápidos, como a corrida de um felino e os outros passos eram mais rítmicos,sincronizados certamente de Alice.



Eles apareceram entre as arvores, Alice estava com um enorme sorriso no rosto—seus dentes reluziam mesmo nas luzes fracas do amanhecer, Edward tinha uma esperança feroz nos olhos.



Param a alguns metros da fronteira.



—Vamos Bella!Vem, vem!Quero te abraçar! —Alice cantou quicando de um lado para outro entre duas arvores.



Eu ri balançando a cabeça — Alice nunca mudaria.



Devo ter dado dez passos até ser literalmente atacada por ela.



Aquela baixinha era rápida, ela pulou no meu pescoço e pensei que fosse me sufocar de tanto que apertava.



—Bella!Eu sabia que você iria vir logo—Ela disse se afastando e jogando um significativo olhar para Edward, seus olhos gritavam “nunca mais duvide de mim!”. —Mais não precisava gritar tanto!Não somos mentalmente surdos.



—Desculpe ,não sabia se conseguiriam me ouvir,nunca tentei isso antes... —Dei de ombros ,um pouco constrangida.



—Ah, deixa pra lá!E então quando vou conhecer minha subrinha?



Me afastei um pouco desconfortável com sua pergunta,precisava fazer uma coisa antes.



—Alice eu queria falar com seu irmão primeiro.Depois se vocês não se importarem... eu gostaria de ir a sua casa— Ela bufou quando disse



isso. — falar com sua família.



Ela me olhou frustrada por um longo tempo — por deixá-la fora da conversa,aposto—Alice sempre gostou de saber de tudo—com um suspiro resignado se afastou só para se virar depois de meio segundo com uma expressão vibrante de satisfação.



—Com muito prazer! —Ela se inclinou teatralmente, como uma senhorita do século XV.



Meus olhos se estreitaram o que Alice estava aprontando?



Eu fiquei olhando o lugar por onde Alice desapareceu, sentindo o olhar de Edward em meu rosto.



Me virei e confirmei meu pensamento,ele parecia tentar lê cada linha da minha expressão.



Já a sua expressão me confundiu,estava tranqüila até mesmo feliz em comparação as vezes que nos vemos desde que ele voltou.



O que Edward e Alice estavam aprontando?



—Edward,poderíamos ir para outro lugar? — Jake já deve está acordado não quero ficar assim tão perto da fronteira.Precisava resolver isso primeiro para depois falar com ele...ah,ele vai me matar.



E alem do mais os lobos sempre estão fazendo ronda por aqui o tempo todo,não quero uma platéia para minha conversa.



—Claro.Sei de um lugar onde podemos ir. — Dessa vez observando ele atentamente vi que seus olhos brilharam quando ele disse “um lugar” — algo me dizia que esse tinha sido o motivo da felicidade de Alice.



Assenti distraída, pensando como era estranho, o jeito que me sentia desconfortável conversando a sós com ele.



Ele me olhou indeciso por um momento, como se não soubesse o que fazer.



Ah ,já sei!



—Não vai ser preciso me carregar.



Para ressaltar o que disse, comecei a correr independente de não saber aonde era “o lugar”.



Antes que eu pudesse piscar, Edward já estava na minha frente guiando .



Quando chegou à metade do caminho, adivinhei para onde ele estava me levando.







Estava sentada na clareira de frente para Edward.



—Me trás boas lembranças, está aqui. —Ele disse depois de um minuto de silencio desconfortável. — Foi aqui que tudo começou... —Sua voz se perdeu como se ele estivesse longe—Foi aqui também que nós... —Antes dele terminar a frase virei o rosto constrangida— minhas bochechas ficaram



vermelhas— quando inevitavelmente entendi e lembrei do que ele falava.



Ele ao contrario não estava constrangido ,pareceu foi agrada-lo eu ter corado.



— O rubor do seu rosto continua lindo — Ele estendeu a mão como se para afagar no meu rosto, me afastei um pouco e ele deixou a mão cair. — Vejo que isso não se perdeu depois de tudo.



Dei de ombros, estava desconfortável com nossa proximidade, ele estava sentado a meio metro de mim.



—Bella...



—Não, Edward espera.É para isso que eu estou aqui,me deixe falar



primeiro — Respirei fundo e olhei em seus olhos — Eu pedi para falar com você, porque cheguei a conclusão que não precisa ser assim e também não pode continuar assim essa situação. Eu decidir que não vou mais tentar manter Renesmee longe de você. Eu te perdoei—e você precisa se perdoar também. Você estava tentado fazer o que achava certo e... para mim,isso acabou aqui,não vou mais te julgar por isso e também não quero que você continue sofrendo.Tudo o que aconteceu é passado. Tinha que acontecer daquela maneira,e nada do que fizermos agora vai mudar isso.Sei que o que te falei na loja foi cruel...não estou retirando o que disse,quero que você entenda.Mais decidir esquecer tudo.Cansei de todas as acusações... eu estou feliz agora, e quero que Nessie seja feliz também. Para mim isso é o que importa. Então quero pedi para você,esquecer tudo,parar de se martirizar o tempo todo,fazer isso não vai mudar nada.Eu quero que você seja feliz...



—Não posso ser feliz. —Ele me interrompeu— Não sem você,sem nossa filha...



—Edward...



—Eu sei Bella,você esta feliz agora. —Ele me interrompeu de novo—Isso também é importante para mim.Mais não posso,não... consigo.Porque minha felicidade sempre será você.



Ficamos olhando nos olhos um do outro por um longo tempo.



O que ele me falava fazia sentido, porque já me senti assim uma vez.



Eu conseguir superar,ele também pode e agora vai ter Nessie na vida dele eletera que seguir em frente como eu.



Pela felicidade de Nessie com fiz no começo.



Ele se aproximou novamente, me inclinei para trás,evitando a



proximidade — não adiantou— ele segurou meu rosto com as mãos ficando de frente para mim seu rosto á apenas um palmo de distancia.



—Eu te amo. —ele pronunciou cada palavra devagar, apertando suas mãos no meu rosto. —Isso nunca vai mudar.Você também já me amou... o suficiente para ignorar minha natureza,minha monstruosidade.Não resta nada desse amor? Me diga, você poderia me amar novamente? —Ele falava de frente para mim ,podia sentir seu hálito frio nos meus lábios.



—Sim ,já amei... mais não foi o suficiente para você ficar. De certa maneira eu ainda te amo...



Antes que eu pudesse terminar a frase, seus lábios encontraram os meus.



Ele segurava meu rosto firmemente não me dando a chance de afastar.



Seus lábios se moviam sobre os meus delicadamente, podia sentir sua respiração dentro da minha boca.



Estaria mentindo se dissesse que não sentia nada,o beijando mais uma vez.



Entretanto, Edward não tinha me deixado terminar a frase,e com esse beijo tive a confirmação do que eu já sabia.



Eu sentia amor por ele sim,seria impossível dizer que não.



O que aconteceu com Edward ficaria eternamente gravado em mim,como se tivesse sido desenhado na minha alma.



Quando me transformei, ainda sofria por ele ...ainda o amava,e esse amor ficou como uma cicatriz no meu coração.



Estaria sempre lá;



Impossível de tirar e impossível de sentir.



Eu não movi meus lábios, não o beijei e pude sentir sua desistência quando ele não teve resposta, ele manteve seus lábios nós meus por alguns segundos a mais sem movê-los.



Depois afastou seu rosto uns centímetros e continuou com os olhos fechados.



—Eu ainda te amo... mais também não é suficiente agora. —Eu continuei minha frase, como se ele não tivesse me interrompido — Porque esse amor é só um eco...uma lembrança. Lembrança de uma Bella que não existe mais. Eu mudei e junto comigo meu coração,meu corpo,mudaram também. Eles não me pertencem...pertencem a Jacob.E eles não sabem como te amar agora.Não podem te amar.



Por muito tempo pensei que minha vida havia se transformado em uma “Lua nova”... Escura, vazia .



Porque Edward era minha lua.



Tudo mudou agora,havia claridade novamente, a escuridão foi embora ,porque era apenas um “eclipse lunar”.



—Bella... —Olhei para ele perturbada com seu tom de voz, ele estava com uma expressão de dor.



—Não Edward.Não fique triste.Já te disse isso,vamos viver no presente, há coisas mais importantes no momento para nos preocuparmos... vamos esquecer tudo o que aconteceu e parar com essa historia de culpa.Eu vou parar de te culpa você também vai ter que fazer o mesmo!Me promete?



Ele assentiu e sorriu levemente mais o sorriso não tocou seus olhos.



—Tem que ser de verdade,é serio, estou arriscando minha vida estando aqui,então é melhor que você faça logo o que estou pedindo.É o desejo de uma



moribunda! —Brinquei tentando aliviar a tensão.



Ele não caiu nessa,alias nem eu cai, só de pensar na reação de Jake.Argh.



Meu corpo todo tremeu.



—Como assim arriscando sua vida? —Edward perguntou ansioso.



Eu suspirei e falei de má vontade.



—Jacob não sabe da minha decisão, — Sua expressão ficou tão preocupada que brinquei de novo— então eu espero verdadeiramente que você cumpra meu ultimo pedido,porque ele certamente vai me matar quando eu voltar para casa.



—Ele não quer que eu conheça minha filha. —Ele falou furioso. Não era uma pergunta, uma acusação. —Ele não tem...



—Pode parar! Chega de acusações, lembra?Agora vamos logo para sua casa, quero falar sobre isso com todos vocês.



Ele pareceu querer dizer mais alguma coisa, mais mudou de idéia e falou com uma voz forçadamente educada.



—Vamos então.



Corremos em silencio até a casa dele. Entramos e todos já estavam lá,sentados e com um sorriso no rosto.



—Bella querida é muito bom te ver de novo! —Esme falou e já estava do meu lado me abraçando.



—Verdade Bella,é bom te ter de volta. — Carlisle se juntou a Esme e afagou meu cabelo.



—Ei Bella! — Emmett levantou e me deu um soco no braço.



Rosalie apenas acenou com um sorriso superior.Jasper também não se levantou só sorriu.



—Oi. —Os cumprimentei, acenei para Rosalie,Emmett e Jasper.Eu ainda não me sentia a vontade,com eles.Acabei de pedi isso para Edward,mais era difícil simplesmente agi como se nada tivesse acontecido. — Alice já deve ter contado a vocês o motivo de eu está aqui. —Todos concordaram. — E vocês também já sabem que Edward é o pai de Nessie. —Eles concordaram de novo.



Emmett revirou os olhos e riu.



Já até imaginava o que estava se passando na cabeça dele...todos já sabiam que eu dormi com Edward... Que vergonha!



Ainda bem que Edward é o único que lê mentes aqui...imagina se fosse o Emmett...



— Ontem eu disse a Edward que deixaria a decisão nas mãos de Nessie.Ela escolheria conhecer vocês ou não.Pensei não ser justo tomar essa decisão por ela... —Todos ouviam atentamente em silencio,pareciam nem respirar como se estivesse com medo de fazer barulho e eu mudar de idéia e sair correndo de novo. — Bom, ela decidiu...



—Quando?Fala logo Bella!Quando é que vamos conhecer,minha subrinha?Anda Bella, deixa o discurso para depois! —Alice falava impacientemente me puxando pelo braço.



—Esse é o problema Alice — Olhei para Edward para ver sua reação e falei em voz baixa — Ela não quer.



Pensei que Edward ficaria triste quando dissesse isso,me enganei ele pareceu ficar foi com raiva.



Esme e Carlisle olharam para baixo, seus olhos tristes. Rosalie suspirou.



—Como ela pode decidir isso Bella?É uma criança,pode muito bem ter sido influencia... —Eu já sabia o que ele ia dizer.



Meus olhos se estreitaram.



—Nem termine essa frase Edward!Jacob não tem nada a ver com a escolha de Nessie. — Eu não podia julgá-lo era mais fácil, ele tentar acreditar que alguém estava decidindo por ela, que aceitar a verdade.



—Como eu vou ter certeza disso?



Trinquei os dentes de raiva e frustração.



Se Edward acha que só porque hoje eu vim em missão de paz,disposta a relevar e perdoar ,ele pode falar o que quiser ele está muito enganado.



Ainda mais porque estou fazendo isso apenas por Nessie .



Porque se fosse por mim mesmo o perdoando, ele ficaria sem conhecê-la.



—Minha palavra não é o suficiente para você? —Minha voz saiu cortante.



Ele piscou e pareceu se dar conta que estava errado—que estava passando dos limites.



—Desculpe Bella.Você tem que entender.Você não espera que eu simplesmente acredite que uma criança de quase dois anos possa tomar essa decisão sem ser influenciada por alguém ,não é mesmo?



“Não perca a cabeça ,você esta fazendo isso por Nessie”. Cantarolando mentalmente respirei fundo e olhei diretamente nos olhos de Edward.



—Não se esqueça que você pediu por isso! —Eu rosnei para ele.



Sentindo-me um pouco presunçosa e vingativa,mergulhei vividamente na memória da minha conversa com Nessie.







“Meu bem... você sabe que Jake...não... Jake não é seu pai biológico, não é mesmo?”



“Mais ele é meu papai no coração!” Ela olhou para Jake e tocou o rosto dele com a palma de suas mãozinhas, seu olhar era cheio de ternura, carinho e amor.



“(..)se lembra quando mamãe te contou que você tinha um pai biológico?”



Ela balançou a cabeça concordando, seu rostinho muito serio.



“Então meu amor...ele voltou a morar na cidade e quer te conhecer...”



“Jake é meu único pai! Eu não quero outro!”



“Nós apenas queremos saber se quer conhecer seu pai biológico.Você quer vê-lo?”



“NÃO. EU NÃO GOSTO DELE.”


Autora: Nick_Fic

1 comentários:

lorysblack disse...

Bella e Jake HOT total meu paiiii!!!Era assim que deveria ter sido feito originalmente!!!Quente quente Fogo e Gasolinaaa!!!!!!!!!!!!!!!Essa fic é silplesmente divinaaaaa!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.