Sejam Bem Vindos ao Blog Twilight A Saga Contínua!!! Comentem As Fics!

Capitulo 29 - Surpresas

Me sentia realmente uma devassa—se não estivesse tão certa que Jake nunca me perdoaria, eu contaria para ele o que aconteceu entre mim e Edward.

Por questão de minutos ele não chega à loja dos Newtons e me encontra enrolada como uma bola no chão chorando pela minha traição e lamentado a partida de Edward.

Jake notou meu olhar vazio quanto disse que Edward fora embora — não poderia mentir sobre a visita dele porque mesmo depois de lavar meu rosto e meus braços Jake sentiu o cheiro dele em mim — ele não pressionou nem questionou muito sobre o que aconteceu.

Então tentava me convencer que não estava mentido para ele e sim omitindo.

Era incrível a ironia do destino, quem foi mesmo o idiota que disse “antes da tempestade sempre vem à calmaria”?

Imaginei que tudo ficaria bem; depois de me entender com Jacob, e o meu fantasma do passado ir para longe.

Mas não, tudo tinha que melhorar e depois piorar!

Eu estava cercada de culpa, cobranças e incertezas.

Os Cullen nada diziam, mas podia ver a acusação muda em seus olhos. —Esme era a que mais parecia sofrer e a única que não me culpava.

Alice evitava falar de Edward para mim;disse que ele ligou algumas vezes para ela apenas perguntando sobre Nessie,mas não deu indícios que voltaria.

Jake estava confuso com minha distancia e com o fato de eu ter ficado dias sem deixar que me tocasse; eu não podia... me sentia mal; porque sempre que ele se aproximava de mim eu lembrava da minha traição.

Renée, depois de dois anos falando comigo apenas por telefone e e-mails finalmente teve sua conversa crucial com Charlie e descobriu “parte” da verdade; Eu era uma mulher casada!

Além da cobrança de minha mãe—por não ter contado tudo a ela, e ela não ter presenciado meu casamento,ainda tinha que ouvir os resmungos de Charlie por ele ter ouvindo o ataque histérico de Renée — quando ele não aguentando a pressão dela de maneira impulsiva revelou que eu não tinha ido a faculdade por ter me casado!

Isso sem mencionar que ela nem sonha que eu sou mãe.

Renée ainda pensa que perdi meu bebe quando fugir da casa de Charlie.

Uma mentira necessária já que não tinha como ele ter escondido dela o motivo da minha fuga e nem ter motivos para isso na ocasião.

Então quando voltei para casa um pouco diferente com uma criança mais diferente ainda—inventamos qualquer desculpa que fizesse minha mãe não decidir fazer um visita.

E para finalizar tinha minha velha e habitual culpa me consumindo por dentro e quase me fazendo pirar!

Por dias vi olhares assustados — com meu humor tão miserável, não tinha paciência para nada—Fazia uma careta assassina para qualquer coisa a vista.

Só conseguir voltar ao normal, depois de começar a organizar a festa de aniversario de Renesmee.

Era impossível escapar da empolgação e alegria de todos os envolvidos na organização.

Mesmo depois de dizer para Rosalie e Alice, que eu não faria duas festas para Nessie e que mesmo que eu permitisse, eles não poderiam comparecer a festa elas ainda se empolgavam.

Trazer os Cullen para o aniversario de Renesmee seria como colocar gasolina e fogo no mesmo quarto... nem metaforicamente a comparação ficava pior que: Vampiros e lobisomens no mesmo ambiente!

Um mês de espera e organização e finalmente chegou o dia.

O jardim da casa de Charlie estava todo decorado—seriam muitas pessoas e com o tamanho dos lobos, não tinha como ser dentro da casa, por esse motivo adiei a festa por duas semanas depois do dia de nascimento de Ness.

Esperei por um dia que não chovesse, e hoje foi veementemente confirmado pela “vidente local” que o tempo ficaria bem seco mesmo sem sol.

Nessie não se agüentava quieta, ela me lembrava Alice, quicando pela casa e perguntando quando a festa começaria.

Sua festa seria tema de Princesa, não podia negar que tudo estava realmente lindo.

O que mais deu trabalho para mim Sue e Emy foi a comida.

Deus! Como fizemos comida!

Sabendo que os dez lobos presentes comeriam tudo em um piscar de olhos.

Tudo estava pronto inclusive... a fantasia de Chapeuzinho vermelho que Rachel, Kim e Emy me obrigaram a colocar, para comemorar também meu aniversario que tecnicamente era em setembro. Mas elas decidiram usar a data do meu nascimento como vampira, para me humilhar.

Eu queria outra fantasia, mas fui praticamente amarrada para usar esse vestidinho com essa capa ridícula, porque tinham que brincar com o fato de eu ser casada com um lobo.

E aqui estava eu uma mulher casada, mãe, vestida de Chapeuzinho vermelho.

Devia ter mais dignidade!

Todos já estavam no jardim conversado animados, só faltava Nessie e eu.

Eu a ajudava vestir uma linda fantasia de Branca de neve,trocamos apenas a saia longa do vestido por uma de Balé.

Vez ou outra ouvia carros passando pela rua em frente a casa então me surpreendi quando um parou.

Quem seria? Todos já estavam aqui, até mesmo Leah, que eu não convidei.

“Charlie!” — Se eu ainda fosse humana teria rolado da escada com Renesmee nos braços, tamanho foi o choque ao ouvir a voz da minha mãe.

Hoje eu não sairia daqui viva!

Tinha certeza disso.

“Renée?” — Charlie perguntou, de maneira quase rude, devido sua surpresa.

Eu estava parada no meio da escada tentando pensar em uma desculpa para Renée;

Uma me que me livrasse de ser assassinada assim que ela entrasse e visse Nessie no meu colo que seria apresentada como minha filha.

“Onde está Bella?” Minha mãe perguntou.

“Jake “—Pensei apavorada —” Não deixe Renée entrar agora! Ajude Charlie a segura-lá ai fora! ”

Entrei novamente com Nessie no quarto sem saber o que fazer, parte da minha atenção estava nas apresentações lá fora.

Renée estava conhecendo oficialmente seu genro.

Olhei atônica para Renesmee, até que veio a inspiração.

—Nessie meu bem, uma pessoa acabou de chegar para nos ver.

Ela sorriu para mim.

—Escute amor... —Como ia explicar isso para ela? — Ela não é como nós, nem como os Cullen ou Jacob.Não sabe que você é minha filha.

Renesmee assentiu e perguntou

—Ela é humana?

—É. Mas ela também não é como seu vovô Charlie ou Billy... ela não pode saber como nós somos...diferentes.

—Quem é ela mamãe?

—Ela é sua avó. —Sorrir para aliviar um pouco o clima — Minha mamãe.

—Outra vovó!

Jake estava agora praticamente obrigando minha mãe e Phill a conhecer Billy e Sue.

—Entenda querida... vai ter que ser cuidadosa.Tem que agir exatamente como a Claire...e me desculpe amor mas mamãe vai ter que mentir e dizer que você é adotada.Tudo bem?

—Por quê?

—Depois eu explico. Seja cuidadosa. —Olhei ao redor; mesmo que dissesse essa mentira... Nessie era muito parecida comigo — minha mãe notaria as semelhanças. Vi o restante da fantasia e tive uma idéia — Nessie eu sei que você não queria usar essa mascara, mas agora vai ter que usar e não vai poder tirá-la, está bem?

Ela fez uma careta e suspirou deslizando a mascara no rosto.

Ela estava tão linda.

Sua pele clara dava um contraste ainda maior na fantasia, nem a mascara tirava seu brilho.

Desci mais aliviada; estava certa que poderia manter essa situação, assim que passei pela porta da frente todos olharam ansiosos para mim.

Eu só podia ouvir o coração e a respiração dos outros enquanto minha mãe enchia Charlie de exigências.

—...você vai ter que me explicar tudo isso direitinho...Ah Bella !Filha que saudade! —Renée veio na minha direção e me abraçou de lado.

—Oi mãe!Que surpresa boa. Porque não me avisou que viria... Teria ido buscar você.

—Não se preocupe Bella, queria fazer uma surpresa. —Essa foi tão direta!Quase pude ouvir ”Cheguei sem avisar para você não me esconder nada ou pedir para mim não vim!”

—Que bom que veio!

—Parece que cheguei em boa hora. —Renée falou olhando ao redor.

Droga agora era explicar toda a mentira.

Com olhos muito atentos minha mãe viu meu olhar ansioso em direção a Nessie.

—Ah, e quem é essa belezinha no seu colo? —Ela perguntou tocando uma mexa do cabelo de Renesmee que sorriu para ela.

Todos olharam para mim, Charlie parecia que estava sufocando tamanho era seu nervosismo.

—Essa aqui é a... Renesmee... —Falei lentamente vendo os olhos da minha mãe se arregalar com o nome.

Renée olhou de mim para Nessie sem palavras.

—Mãe poderíamos conversar um minuto. —Falei com uma voz abafada — Jake pegue Nessie.

Antes que Jake chegasse perto.

—Pode deixar Bella eu fico com essa linda princesinha. —Seth falou olhando Nessie com seu olhar de adoração.

Renée olhou para Phill.

Depois deliberadamente de mim para Nessie e Seth.

Seus olhos primeiro ficaram confusos, depois enquanto ela me sondava ficaram preocupados.

—Ah, oi Phill. Nem cumprimentei você. Tudo bem?—Desviei o olhar e falei apressada tentado disfarçar minha ansiedade.

—Sim estou ótimo. E você está mais bonita do que me lembrava.

—Obrigada... Vamos lá dentro um pouco.

Apontei a porta para minha mãe e Phill assim que se viraram falei bem baixo e rápido demais para que ouvissem. —Jake você deve ter ouvido o que combinei com Nessie, continue ouvindo e depois explique para Charlie, confirmar minha historia. Vocês também façam o mesmo com Sue, Emy, Kim, Billy e o Sr.Ateara.



Minha mãe ouviu tudo atentamente, com uma expressão de decepção no rosto.

Minha explicação foi meio boba, mas ela pareceu aceita-la.

—Não queria te deixar por fora da minha vida mãe. Mas foi tudo tão de repente. Decidimos casar e no outro dia fizemos a cerimônia quileute. Não te contei depois porque tinha medo da sua reação por eu ter me casado e por você não está presente. Me perdoe?

—Perdoou sim Bella, acho que tinha razão em ter medo de mim... Depois de tudo que lhe falei sobre casamentos. —Ela riu — Mas você não está cometendo o mesmo erro que eu filha. Sabe o que é certo para você. — Renée me olhava com compreensão e sorriu quando acrescentou — Poderia ter esperado um pouco mais... Talvez depois da faculdade. Mas se está feliz. É o que importa.

—Obrigado mesmo mãe! —A abracei para contar o resto da mentira. —Agora tente não pirar tudo bem? —Falei segurando-a ainda abraçada. —Nessie é minha filha.

Renée ficou imóvel nos meus braços, precisou de um longo tempo até conseguir se recuperar.

Foi de Phill que veio a pergunta.

—Como?Ela... ela deve ter o que uns quatro anos...?

—Calma, não minha filha biológica. —Falei soltando minha mãe e olhando em seus olhos assustados. —Jake e eu a adotamos.

—Mas... —Renée não sabia o que dizer depois sua expressão se tornou tremendamente magoada. —E não pretendia me contar isso também não é mesmo?

—Eu queria contar... planejava ir com Jake e Nessie vê-la. Esperava uma folga do trabalho e juntar o dinheiro para as passagens. —Outra explicação boba, mordi o lábio esperando que ela acreditasse.

Renée me olhou por um longo minuto, suspirou e depois sorriu.

—Bom pelo menos se lembrou de mim ao colocar o nome dela!

—Que bom que você entende mãe. Não sabe o quanto me angustiava você não saber. Cada vez que eu protelava em te contar isso ...ficava com mais medo da sua reação.Exatamente por esse motivo que não falei antes,medo.

—Não se preocupe com isso querida eu entendo... Agora eu sei que não pareço ter idade para ser avô, mas pode me apresentar minha neta!?

Com essa eu sorrir de orelha a orelha mesmo um pouco triste por ver como Renée é fácil de ser enganada.

—Obrigada mãe!

Desci a escada abraçada a Renée.

Ouvia Jake contando a Charlie o que ele teria que dizer.

Todos voltaram ao normal — conversavam animados, levei minha mãe e Phill para apresentar para todos que Jake não a obrigou.

Renée adorou todo mundo.

Quando finalmente conseguiu arrancar Nessie do colo de Seth ficou um bom tempo com ela a enchendo de carinho e elogios, mas logo depois Seth já reivindicara Renesmee para sua posse e minha mãe se juntou a mesa onde estávamos sentados.

—Bella porque você está fantasiada de chapeuzinho vermelho?

Todos na mesa começaram a rir e eu corei em um vermelho mais forte que o da roupa.

—Está vendo aquelas três moribundas ali? —Perguntei apontando para as culpadas que não se aguentavam de tanto rir. — Me obrigaram.

—Moribundas?

—Pode acreditar que sim. —Falei estreitando os olhos.

Todos caíram na gargalhada.

—Bella talvez deva ir ali na floresta ...quem sabe não encontra o lobo mau. —Embry disse.

Antes que eu pudesse responder Collin pegou a mão de Jared.

—Para que esses olhos tão grandes e negros “lobo mau”? —Ele falou tentando imitara voz de uma mulher.

—São para te ver melhor Bellinha. —Jared respondeu.

—E essas orelhas tão grandes e peludas? —Brandy continuou se acabando de rir.

—Bom isso é porque eu ainda não cortei o cabelo, mais também é para te ouvir melhor Bellinha. —Respondeu Paul.

—E essa boca tão grande? —Collin tentou falar em meio às gargalhadas

—Essa eu sei! —Quill gritou da varanda. — E para encher o saco de todo mundo melhor Bellinha!

Eles pareciam que estava latindo e não rindo,nem eu conseguir não achar engraçado

Jake jogou um salgadinho em todos com um sonoro “cala a boca”.

Mas ninguém deu ouvidos e Paul com Rachel sentada no seu colo — assim como Jared e Kim — começou a cantar;

“Quem tem medo do lobo mau, lobo mau?”

E foram seguidos por Jared, Embry, Collin e Brandy.

“Quem tem medo do lobo mau, lobo mau, lobo mau?”

Renée e Phill não entenderam nada da piada.

Charlie pareceu entender e riu um pouco nervoso.

Até Leah soltou uma risadinha.

Seth e Nessie estavam juntos com Quill e Claire abrindo os presentes e por incrível que pareça elas estavam usando um estojo de maquiagem neles!

—O lobo mau que deve ter medo dessa “Chapeuzinho” ...Uma vez fui para a casa de Rachel e encontrei Billy do lado de fora,quando eu perguntei pra ele onde estava indo...

Paul falou com um voz grossa tentando imitar Billy—“Vou ali no quarto do Jake pegar o filme de terror emprestado.”

“Filme de terror?”

“Só pode ser. Porque com a gritaria que eu ouvir, devia ser um filme muito bom...”ele não conseguiu terminar de falar todo mundo começou a rir e os meninos a uivar de brincadeira.

—Não me coloca em confusão rapaz. —Billy falou com sua voz de trovão não deixando de rir também.

Corei em um vermelho brilhante.

Jake vendo meu constrangimento pegou um copo cheio de refrigerante e com um movimento sutil dos dedos acertou bem na cara de um surpreso Paul.

Ninguém se agüentava; as risadas por uma piada sempre interrompiam a outra que estava sendo contada.

Os rapazes implicavam uns com os outros como crianças,até Phill entrou no meio da bagunça.

Depois de um tempo Nessie pediu para cantar os parabéns.

Busquei o enorme bolo, enorme mesmo e tive que aceitar de bom grado a ajuda que minha mãe ofereceu, fingindo que o bolo era pesado demais para eu carregar sozinha.

Enquanto estávamos dentro da casa os rapazes já haviam juntado duas mesas e Emy e Sue organizaram os doces e a decoração da mesa.

Kim batia uma foto a cada cinco segundos.

Quando Quill e Seth se aproximaram foi uma bagunça total!

Essa historia de lobisomem imprinted-dá-ao-objeto-de-seu-imprinting-o-que-ele-quer, estava se provando muito mais descontrolado do que eu imaginava.

Eles estavam hilários; com os rostos borrados de maquiagem e batom rosa choque.

Ignorando todas as piadinhas e provocações, Seth — espelhando o imenso sorriso de Nessie — foi para frente da mesa e a colocou em cima de uma cadeira.

Era impossível começar a cantar os “parabéns” — ninguém ficava calado, assim que começávamos dois ou três estava em meio às gargalhadas por qualquer motivo e todo mundo começava a rir de novo.

Não sabia a reação da minha mãe a nossa reunião, apenas via que ela olhava para tudo com olhos fascinados e preocupados.


Autora: Nick_Fic

6 comentários:

Dayana disse...

Gente, deixa eu me apresentar!

Meu nome é Nick e a pedido da "Flor do ebano" *e com muito prazer pois fiquei rindo três dias diretos * aceitei postar a fic aqui no "a saga continua" mas desde que enviei os capítulos para ela não pude acompanhar o desenvolvimento da fic.


Nessa semana a mesma me mandou uma mensagem pedindo que eu dedicasse mais atenção a fic.
Eu me desculpei com ela assim como estou me desculpando com vcs por não está respondendo aos reviews e não esta dando a atenção que a fic merece.

Estou passando por uma fase difícil que requer toda minha atenção então não estou escrevendo no momento.Mas assim como vcs deixam reviews eu tenho que responde-los pois alem de uma obrigação é um prazer enorme conversar e atender a criticas, perguntas e elogios de vocês.
Então espero que me desculpem e prometo que darei toda a atenção que vcs merecem.

Assim esclarecendo que a pessoa que tem respondido aos reviews não sou eu.
Essa é a primeira vez que posto aqui no blog e posto um comentário .

Esclarecendo isso peço que voltem nos capítulos anteriores pois estarei respondendo a todos.

Nick fic.(a original recuse imitações)

Anônimo disse...

Ai, to ansiosa pra saber o que vai acontecer...sou jacob black ate o fimmmmmmmmmmmmm...................bjs e parabens


Carla Cristina - Manaus am

lorysblack disse...

AI TO DANDO UM UFAAA AKI!!!!QUER DIZER MAIS OU MENOS PQ NUM TO GOSTANDO DESSE AFASTAMENTO DELA E DO JAKE MAS.....

NICK SEI QUE AS VXS EU EXAGERO MAS TBM SOU MUITO MAS MUITO EXAGERADA E QUANDO GOSTO DE ALGO EU REALMENTE FICO VICIADA E ENCANTADA E FOI O QUE ACONTECEU COM ESSA FIC!MAS SOU TEAM JACOB FERVOROSAAA E QNDO VI ELA TODA CHEIA DE SENTIMENTOS COM O ED SURTEI!!!!RSRSRSRSRS...MAS COM MUITO FORÇA LI O RESTANTE DO CAP.E FIQUEI UM POUCO MAIS ALIVIADA!!RS DESCULPE-ME SE FUI GROSSEIRA!!!

MAIS ME VICIEI NA FIC TOTAL!!!!!
E RI ALTO COM ESSES LOBOS E O NIVER DA NESSIE!!!
AMO DEMAIS ELA E O SETH JUNTOS MUITO LINDO DEMAIS!!!

MAS AINDA QUERIA VER UM PDV DO JAKE!!AI TAH FALTANDO VIU!!!BJUS!!!!

jenifer disse...

olá tudo bem , olha queria te pedi um favor ,que edward e a bela fique juntos , eo jacob tenha um impriting com uma garota da aldeia , para ele nao sofrer tanto,mas por favor nao separe ed e bela , e nao da atençao pra essas pessoas que querem bela e ed separados ,pq essas pessoas nao conhecem uma amor verdadeiro ...
beijoooooos de sua leitora fiel !!!
ha ja estou anciosa pra ler o proximo capitolo.....

jusara disse...

Nick está ótima a fic e esperopoder sempre está em contato com vc. E diz ai cadê o Eduard ,quando é que ele vai conhecer a Renesmee.Deixa ele se animar um pouco,viu bjinhos linda . Ha ,creia que essa fase vai passar , por que Deus nunca irá te abandonar. Fica com Deus tá

Anônimo disse...

Ele ira conhecer a filha logo, logo querida.
E muito obrigada por lerem vocês me dão coragem a prosseguir beijos a todas
Nick_Fic

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.