Sejam Bem Vindos ao Blog Twilight A Saga Contínua!!! Comentem As Fics!

Capitulo 10 - Insegurança

Fui para La push correndo. Chegando lá não tinha ninguém em casa.

Podia ouvir as vozes conhecidas de Renesmee e Charlie vindo de longe, possivelmente da casa de Emily.

O que foi bom — já que precisava pensar no que falar com Jake.

Sabia que não seria fácil para ele ouvir que eu ia ver Edward, ele mais do que ninguém, sofreu junto comigo.

Não entenderia o porquê deu fazer isso.

Mas eu não queria que ele continuasse sofrendo—Martirizando a si e a família por pensar que eu me matei.

Jake certamente pensaria que eu ainda não o esqueci... que correria para ele.

Mas hoje eu amava Jake.

Eu pertencia a ele de corpo e alma.

No inicio nunca pensei que seria capaz de superar a perda—o abandono de Edward—ou até mesmo amar outra pessoa da mesma maneira.

Estava errada.

Só aceitei me casar com jake depois que descobrir que o amava.

E hoje não imaginaria minha vida sem ele, cada célula do meu corpo dói só de pensar em ficar sem ele.

De certa maneira ainda amava Edward— ele foi meu primeiro e maior amor— mesmo que ele ainda não saiba... é o pai da minha filha;

Mais todo sofrimento que passei fez com que eu me aproximasse de Jake e hoje eu o amo.

Enquanto pensava, quase sem perceber fui tomar banho—tirar o cheiro de vampiro de mim, o meu não incomodava Jake mais tenho certeza que dos outros era outra historia.

Quando voltei para o quarto — que Jake construiu para nós, onde antes ficava a garagem — percebi que ele já estava la.

Seu coração batia ansiosamente.

Entrei ainda enrolada na toalha.

Ele estava sentado na cama o rosto nas mãos.

Aproximei-me devagar e parei em frente a ele. Ele não olhou para cima.

—Jake...?

—Encontrei com Charlie na casa de Emily. Ele me disse que você estava com os Cullen. —Sua voz estava sufocada

—Estava. Queriam me pedir um favor.

—O que? —Ele sussurrou ainda com o rosto entre as mãos.

—Queriam... —Melhor falar de uma vez. —Querem... Que eu fale com Edward.

Ouvir ele prender a respiração.

—Você vai? —Ele continuava a sussurrar

—Sim, eu vou... Mas quis falar com você primeiro.

—Bella... —Ele sussurrou a dor em sua voz era imensa.

—Jake o que ouve? —Me aproximei tocando sua cabeça.

—Eu sabia que se ele voltasse... Isso aconteceria... —Ele segurou minha cintura e apoiou a testa na minha barriga. Não deixando que eu visse seu rosto.

Ele está achando que eu vou voltar para Edward?

Que eu vim me despedir dele?

—Jake... Não, é isso. —Puxei seu rosto, levantando sua cabeça fazendo com que ele olhasse para mim, seu queixo continuou na minha barriga. —Eu te amo. Me pediram um favor. Vou apenas conversar com ele.

—Eu tenho tanto medo de perder você. —Ele sussurrou fechando os olhos e abraçando minha cintura de novo.

—Você não vai me perder.

Ele se levantou e me fitou nos olhos por um longo tempo. Como se procurasse algum sinal de mentira nas minhas palavras.

Afagou meu rosto com as pontas dos dedos—Suas mãos tremiam, mais não era de raiva — depois me beijou docemente.

—Eu te amo. —Ele sussurrou nos meus lábios.

—Eu também te amo Jake. Você é minha vida agora.

Ele estava com os lábios no meu queixo, descendo e subindo... delicadamente suas mãos foram até meu pescoço, acariciando minha clavícula, até me colo e soltou a toalha...

—Bella... —Ele sussurrou e sua voz rouca e baixa vez todo o meu corpo tremer.

Ele me pegou no colo ainda me beijando, me deitou na cama deitando-se encima de mim, me beijava intensamente.

Fazia caricias por todo o meu corpo. Eu sentia as pontas dos seus dedos e me inundava de prazer — era como se varressem minha pele e chegasse até meus ossos.

Jake sempre fez amor comigo carinhosamente — mais ao mesmo tempo ele era intenso e apaixonado.

Naquela noite não dormir...

Ele sempre procurava por mim, gentil no inicio, selvagem depois.

Eu não lhe negava o prazer, também me sentia completa quando nossos corpos estavam juntos.

Nada me dava mais prazer que ouvir seus gemidos, sentir suas caricias, seu corpo... nossos corpos encaixados—poder senti-lo em cada linha do meu corpo, sentir seu cheiro, seu gosto...

Eu não saberia viver sem ele.

Uma vez ele me disse que éramos espíritos gêmeos.

Tinha razão.


Autora: Nick _ Fic

2 comentários:

lorysblack disse...

CASAL MAIS QUE PERFEITOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!AMANDO AMANDO DEMAIS!!!

Anônimo disse...

è tudoooooooooooo de bommmmmmmmmmmmmm essa fic, ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii...bjs e parabens.

Carla Cristina - Manaus Am

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.